Follow by Email

Total de visualizações de página

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Um lugar na parede


Bairro Castro, São Francisco, EUA
Nas ruas demarcadas pela identidade revelada como autêntica, sob o sol escaldante de julho, a sede nos toca a garganta e a ideia de entrar num pub e saciá-la  gritava!
Entramos. O ambiente escuro e fresco, conversas de todos os lados se cruzavam em nossa direção, mesas quase todas ocupadas. Um  lugar incrivelmente fascinante captado pelo olhar na  experiência de estar ali! Tão longe de casa! Tão perto de realizar sonhos inusitados, lugares estranhados, fronteiras entre valores desatinados pela modernidade. Não há como não pedir uma cerveja num lugar assim, mesmo não sabendo beber, muito menos escolher. O calor escaldante estimulava o atrevimento. Pedimos  a cerveja para dividir porque somos fracos demais para beber...! As paredes atraiam com suas cores e coisas nelas. As pessoas nos olhavam simpáticas. A sede passou mas lá fora seguimos sob o sol pelas ruas do charmoso Bairro Castro!

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Emaranhado de nós

emaranhados de nós 

Meu blog quase desapareceu de mim
De vez em quando ele faz isso para me aterrorizar ou para me avisar que estou me perdendo num emaranhado de ambientes e senhas, nós e conexões, com risco de não mais me encontrar.
Hoje foi assim, fiquei minutos intermináveis, inúmeras tentativas, desacertos, e a sensação do vazio, oco e frio.
Meus escritos perdidos, em algum lugar, esperando que eu os encontrassem. Temendo não acontecer.
Mas eles me acharam de novo e agora estou aqui acariciando cada texto, cada palavra, cada imagem...
Ahhhhhhhhh sensação de viver o labirinto binário! Desconhecido! Cada acesso uma possibilidade, cada engano uma certeza de que não existe certo ou errado!
Ahhhhhhhhh manhã maravilhosa de blog reencontrado!