Follow by Email

Total de visualizações de página

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Sobre Escrever e Liberdade


ESCRITA NA TELA: Entre fios elétricos e a lua a cidade salta pelas cores, pede ajuda... Tela de Suê Galli, 2009, doada para fundo de projeto social -  por meio de leilão -  adquirida por Orlik.
 Escrevemos para transformar o que sabemos e não para transmitir o já sabido...ao escrever liberamo-nos de certas verdades, deixando de ser o que somos para ser outro(a)diferente do que vimos sendo.  Assim, o que conta  ao escrever é a experiência e não a verdade...é o que dá sentido ao que escrevemos...é o significado desse sentido para a experiência de escrever...por outro lado, a abstração que nos conduz  ao desejo e  ato de escrever produz elementos importantes para a emancipação cognitiva e intelectual.
Desta forma só podemos pensar a educação como aquela que transforma o que sabemos, muito mais do que transmite o já sabido...pela emancipação intelectual deixamos de lado os grilhões dos modelos e das verdades prontas absolutas...alcançamos a liberdade  de pensar, decidir, ser, fazer...escrever...criar...reinventar o mundo...transformar segredos em anúncios portadores de conhecimento, consciência e felicidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário