Follow by Email

Total de visualizações de página

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Foucault ou sobre estar ou não ali


Antes de iniciar sua fala e para mostrar a todos os presentes  sua consciência sobre o conhecimento acumulado e as pessoas que constituem a que é... citou genialmente Foucault...iniciando sua frase: Como diria Foucault eu não queria estar aqui...situando na sua fala a citação, ela explica: a responsabilidade de estar aqui é grande pois tenho que admitir que sou o que fizeram de mim os autores e as leituras que fiz, meus professores, as pessoas... tudo e todos com quem contraceno minha existência...Eu não queria estar aqui...mas estou e se não estivesse não poderia dizer que... eu não queria esta aqui...Ela também não queria, nem eu e pelo que investiguei na platéia, ninguém queria estar ali, mas estavam...estavam para expressarem em suas faces, seus corpos inquietos na cadeira, mãos perdidas procurando acento na caneta sobre o bloco...pra mostrarem que não queriam estar ali...olhei mais atenta e vi com os olhos que leem significados, que não havia mesmo ninguém ali...nem mesmo ela...nem eu...nem a palestrante que por sua vez citou Foucault e rapidamente se retirou. Antes de sair olhei mais uma vez para a mesa onde estiveram as representantes das autoridades que não vieram...elas também não estavam mais...foi quando o vi... solitário a distrair-se com seu pêndulo, sem nenhuma intenção de vigiar e punir a ordem do discurso...ele mesmo...demonstrado na microfísica do poder de estar nesta minha história da loucura, da minha... da dela...de quem estivera ali sem querer estar...o próprio Foucault!

Nenhum comentário:

Postar um comentário