Follow by Email

Total de visualizações de página

domingo, 3 de julho de 2011

Copos vazios de água


Passaram a noite toda esquecidos sobre a mesa de vidro...na varanda...sob a vigilância rigorosa de um bonsai...portador de doença crônica...que se manifesta para aterrorizar sua anfitriã...ameaçando morrer...de quando em quando...
Seres obsecados e vitimados pela ameaça do fim da água potável no planeta...fizeram deles...os copos...escravos portadores da bebida em extinção...E então...conhecedores dos riscos da obsessiva vigilância que sofriam... do neurótico bonsai...ficam ali esquecidos pelos dois fanáticos apaixonados e crédulos na salvação do universo pela água...ficam atentos a noite toda...esperando amanhecer uma nova idéia que os carregue dali pra uma fonte segura.
Amanhece... a faxineira fumante que tosse o pulmão sobressaltado a agarrar-se pra não escapulir pela boca...ajusta o avental...empunha qual espadachim a vassoura...olha em torno e grita: Alguém pode me dizer quem deixou esses copos aqui?
Os dois se entreolham, Suspiram fundo...aliviados...amanheceu em fim uma nova idéia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário