Follow by Email

Total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Diabo amassado

foto Suê 2011 - amanhecer prematuro
O entrevero veramente opera em mim o efeito que me afirma a afirmar: comeu o diabo que o pão amassou, dormiu na cama que o faquir projetou, ficou aos ruídos piscantes da luz - estroboscópica loucura, do princípio ao meio da noite escura. Na fuga pela estreita fenda lucidez, levanta sobressalto, escancara as janelas do quarto e contempla madrugada da lua. Câmera papel e lápis, conjunto de ferramentas pra exercer a terapêutica função, de registrar do céu o primeiro clarão e buscar a salvação, do sonambulismo enfático. Espera a manhã acordar, e nela apostar seus segredos comidos com o diabo, amassado pelo pão que não tem mais sabor de trigo, mas final do domingo vivido na 4a. que não teve como vestir-se de 5a. nem deu ao sábado a chance de ver sua sexta feira se aborrecer. Projetou na escada o lance da festa, terminou  desvivido, diabos comidos, pães amassados, fermento apodrecido dia amanhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário