Follow by Email

Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Coincidência

Combinaram um encontro de mera coincidência. Tudo bem planejado. Horário disponível, lugar apropriado, distâncias suportáveis, cardápio balanceado e custo tolerável. Tudo acertado pra dar tudo certo. Bastava apenas a confirmação. Um telefonema e pronto! No combinado alguém chegava primeiro e se acomodava em lugar de visibilidade. O tempo era curto não havia suficiente pra grandes procuras. O lugar, a paneteria com lanches sucos, bolos e salgados, muita gente no horário que é hora de padaria... lanche da tarde pra quem não vai pra cozinha...Ele chegou ela já estava lá...coincidência perfeita! Fez seu pedido e encostou-se no balcão. Ficaram se olhando de longe, ela comendo seu queijo ele seu big lanche...dai então vem a maior dificuldade...ficar se olhando como combinado e segurar o riso...isso não tinha sido pensado...o hábito do riso no dia a dia povoando invenções e fantasias, não previa sua sonegação assim, no improviso da coincidência na padaria... Engolir o riso pra não escapar com ele o queijo mastigado, o big triturado...um exercício de segurar a língua em quase sucção no ceu da boca...prendendo tudo com ela...pro riso não sair, e com ele o que na boca se movia. A solução era desviar o foco no passeio mais calórico que o olhar então fazia...pelos bolos, tortas, queijos derretidos na chapa...ambrosia. Volta com sobrepeso e olha pra ele, de novo o riso ameaça quase gargalhada, desastre total...não podia...volta o olhar pelo ambiente, fila do pão quente, criança querendo doce, diabético procurando o diet, falta de troco no caixa, telefone toca, interrompe o atendimento, gente brava...impaciente...Ela então já distraída olha e o procura. E o que vê é a si mesma voltando pra casa com uma fome danada e já nem sabe por quê...liga pra ele e ouve o recado que no momento não pode atender... foi ao encontro da coincidência...deixe recado...volta mais tarde, vai responder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário