Follow by Email

Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Indo ao cinema

Dizia não ter  a menor ideia de como fora parar no elenco daquele filme! Mas a verdade é que estava lá. Desde que entrara  em cartaz no circuito de cinemas de arte de sua cidade, o  tal filme,ela não parava de receber ligações e  mensagens de amigos e outros  affaire, relacionamentos affable, avec affinité,  a unn amour faire sempre pessoas que a conheciam em sua privacidade sedutora afirmando que ela estava no filme! As pessoas iam ao cinema e ligavam para ela, que não conseguia mais ler, trabalhar, dormir...Uma semana em cartaz! Indignada resolveu  conferir prometendo aos curiosos que  retornaria impressões. Ligou pra um amigo com quem contracenava  textos literários,  pedindo ajuda: poderia ir comigo verificar essa história? Sim claro vamos. respondeu-lhe. Ela então lhe garantiu e a si mesma que apesar de tantos acontecimentos inusitados em sua vida nos últimos tempos, não havia sido convidada e muito menos contratada a fazer parte de nenhum elenco e muito menos filmar um roteiro em papel  protagonista! Foi ao cinema e voltou com a certeza dizendo que havia sido roubada... seu olhar sensual, expressão de ternura e afeto foram roubados pelo diretor de cinema e seu  roteirista...Eram mesmo os dela sem dúvida! Nos dias que seguiram em cartaz o filme ela e seu amigo escritor acabaram me procurando. Havia um segredo entre eles... um pacto...e sentiam-se, agora com a revelação do filme, ameaçados...Fiquei estranhada daquele ensejo de conversa...Na verdade estavam levantando fundos para seu best seller, e ele a convencera a vender seu bem mais valioso: o olhar sensual, expressão de ternura e afeto para um produtor assegurando-lhe que o filme não  chegaria as salas de cinema de sua cidade! Os filmes de arte são menos  valorizados que os comerciais, sobretudo  em seu país... Precisavam decidir sobre o que fazer...Achei melhor ajudá-los...Vamos responder aos amigos que viram o filme, afinal todos eles a identificaram pelo sentimento de afeto que por ela nutrem...não lhe fariam mal...Concordaram comigo...elaborei então esse registro no criarte e encaminhei a eles pra que fizessem  ajustes capazes de proteger seu segredo e suavizar a indignação dos amigos...Eles concordaram  e o texto está assim!O filme ficou em cartaz por mais dois meses, a bilheteria surprendeu empresários de cinema da região elevando os investimentos para ampliação das salas de projeção de peças de arte. O casal de escritores publicaram seu best seller mas entraram definitivo para o cinema...Ele roteirista e ela protagonista nos papeis que demandavam o olhar sensual, expressão de ternura e afeto!  Estou indo ao cinema ainda esta semana conferir essa história e talvez retomar alguns pontos  dando-lhe mais veracidade e detalhes...afinal...também gosto de segredos e invenções!

Nenhum comentário:

Postar um comentário